Fichamento do texto “Software Livre: o posicionamento dos veículos de divulgação tecnológica”.

Fichamento do texto “Software livre: o posicionamento dos veículos de divulgação tecnológica” de Jefferson Sérgio Paradello.

“Este trabalho pretende identificar o posicionamento de alguns veículos de divulgação tecnológica no Brasil, entre eles jornais e revistas, em relação ao Software Livre. Para tanto, o trabalho explica o termo Software Livre, sua história, vertentes e sua importância no mercado tecnológico da atualidade. Em outro momento o apresenta como alternativa à pirataria no País e por último, baseado na análise de discurso, verifica a importância que os veículos especializados em informática dão ao assunto em suas páginas.”

“Apesar do crescimento aparente das soluções livres, estariam os periódicos responsáveis pela divulgação tecnológica do País tratando o assunto com a devida importância em suas páginas? Como ressalta Silveira (2004, pág. 74):

[…] a grande consequência sociocultural e econômica do Software Livre é a aposta no compartilhamento da inteligência e do conhecimento. Ele assegura ao nosso país a possibilidade de dominar as tecnologias que utilizamos.

Estariam prezando pela difusão do conhecimento como citado por Silveira ou estariam preocupados em atingir interesses próprios ou apoiar patrocinadores que contribuem economicamente para que seus produtos e/ou soluções sejam divulgados em suas páginas?”

“O problema da pesquisa está em identificar qual a importância e o espaço que os veículos de comunicação voltados ao tema têm reservado em suas páginas para tratar do Software Livre e suas vertentes.”

“Mediante essas premissas, o trabalho se torna relevante em verificar como essa ferramenta têm sido discutida nos meios de comunicação citados anteriormente e como os mesmos estão, de alguma forma, contribuindo para difundir e apresentar essa alternativa ao cidadão que acompanha essas publicações.”

“Com o surgimento da Internet e das novas tecnologias, são criadas novas formas de se produzir e disseminar informações tecnológicas, e a troca mútua de informações pela rede começam a virar realidade. É por meio dessa nova “onda” de livre circulação de informação tecnológica pela Internet que surgem movimentos importantes, como o movimento de Software Livre liderado por

Richard Stallman, que ganhou força e notoriedade a partir da década de 90.”

“Stallman fundou a Free Software Fundation e criou o projeto GNU – uma abreviatura que significa “GNU não é UNIX” – porque discordava do conceito de vender permissão para utilizar software. Ele acreditava que dar aos usuários a liberdade de modificar e distribuir software levaria a melhores softwares, orientados pelas necessidades dos usuários, e não pelo lucro pessoal ou corporativo.”

 

“O termo free de Free Software refere-se à liberdade dos usuários executarem, copiarem, distribuírem, estudarem, modificarem e aperfeiçoarem o software. Um programa só pode ser considerado Software Livre se os seus usuários reúnem todas essas condições.”

 

“Quando a grande massa ouve a palavra Linux, aqueles que já ouviram ou leram alguma coisa sobre o assunto acreditam se tratar de um sistema difícil, com poucos recursos e, por tanto, pouco usual. Para eles, o conceito de Software Livre remete-os apenas a este sistema operacional. Pela ignorância apresentada pela maioria dos usuários em relação à sistemas computacionais, que no dia-a-dia usam um computador para checar e-mails, ler notícias, ouvir músicas ou jogar, estes não imaginam que programas que estejam instalados em seus computadores podem ser soluções livres.”

 

Além disso, têm se na chamada memória coletiva das pessoas que Software Livre é ruim, é inferior. O que acaba chateando usuários, no caso daqueles que já apresentam alguma familiaridade com o Linux, é a falta de programas semelhantes encontrados no Windows e escritos para a plataforma livre.”

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s